terça-feira, 21 de julho de 2015

Câmara de Barreira derruba veto do prefeito sobre data base

A Câmara buscou e colocou em votação uma matéria de 2009, que anteciparia a data base dos servidores municipais, para o dia 1º de janeiro.

Na sessão ordinária da terça feira 30-06, a câmara municipal de Barreira aprovou por 9 votos a 2, a antecipação da data base de negociação e reajustes de salários dos servidores municipais, de maio para janeiro, passando a valer já a partir de janeiro de 2016.O prefeito Antônio Peixoto usou os tramites legais para reverter essa situação, o prefeito pode vetou a votação, que deve voltar a câmara, para ser mantido ou não o veto.De acordo com o prefeito, essa antecipação, geraria um impacto de cerca 380 mil reais na folha de pagamento do município.

Na manhã desta terça feira 21-07-15, a câmara dos vereadores de Barreira, derrubou por 6 votos contra, 3 a favor e 2 em branco, o veto do prefeito Antônio Peixoto, sobre a antecipação da data base do município.

O líder do prefeito na câmara, vereador Alan Guedes, disse que o prefeito deve recorrer a justiça, para tentar reverter a situação, Alan destacou que o prefeito Peixoto, pagou salários atrasados de outras gestões e nunca mais atrasou salários, e com a mudança, esse pagamento fica comprometido, devido a grave crise que todo o pais passa.

O líder da oposição, vereador Amauri, disse que a democracia foi fortalecida com a derrubada do veto, e que esse valor de 380 mil, será dividido em 4 meses e que não terá um impacto tão grande assim na folha.