quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Direto da Fonte:Pedagoga Ana Raquel, traz em suas palavras, a "Educação em Chorozinho"

Refletindo sobre minha vida escolar durante o ano de 2015, percebo o quanto é maravilhoso assistir e motivar a transformação dos meus alunos. São eles que me estimulam a caminhar para frente. E mais maravilhoso ainda, fazer parte de uma equipe, uma grande família, que honram a opção que fizeram sem desistir dela, mesmo diante das dificuldades, pois sabem que escolheram certo. Educar. Falo dos meus colegas professores, e do orgulho que sinto de fazer parte da educação de nosso município.

    Durante o ano que se passou, colhemos muitos frutos dessa luta árdua. Vimos nossa educação verde escuro e escola nota 10. Conhecimentos que se estenderam fora da sala de aula. Como foi gostoso, ver a repercussão nas redes sociais e na comunidade escolar, o envolvimento dos nossos alunos e o compromisso de cada profissional que esteve ali por trás, e á frente de cada projeto ou ação. Presenciamos feiras de ciências riquíssimas de conteúdos, inovação e conhecimentos. Projetos maravilhosos que contribuíram ainda mais nesse processo, dignos de premiações a nível estadual.

Alunos respirando conhecimento!
    Que orgulho! Orgulho de ter feito a escolha certa, orgulho de fazer parte dessa equipe, de ver meu município avançando nos índices, e mais orgulho ainda, de ver nossas crianças sendo alfabetizadas. Falo do orgulho de fazer parte de uma equipe que resiste, critica e mobiliza que às vezes é mal interpretada porque fala a verdade, que resiste aos trancos e barrancos, mas que apesar de tudo, faz acontecer. Professores comprometidos com a educação porque sabem que esse é o caminho.
São tantos desafios, tantos obstáculos, tantas angústias, lições de vida.

Quantas responsabilidades!
    Estamos iniciando um novo ano, e com ele, a esperança de novas conquistas, novos títulos, novos aprendizados, novos desejos de que o ano que começa, seja tão ou mais recheado de aprendizado que o ano que se foi, sabemos que não é fácil, mas também não é impossível.
Que tenhamos mais um ano verde escuro e com escolas nota 10!
Finalizo com as sábias palavras de Gabriel Chalita:

"Aos velhos e jovens professores, aos mestres de todos os tempos que foram agraciados pelos céus por essa missão tão digna e feliz. Ser professor é um privilégio. Ser professor é semear em terreno sempre fértil e se encantar com a colheita. Ser professor é ser condutor de almas e de sonhos, é lapidar diamantes.”

(Por Ana Raquel Lima)