segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

E chegou 2016 o ano das eleições, e propostas tem?

É de conhecimento de todos, que os pequenos municípios, respiram a política ou politicagem, todos os dias, em qualquer ano, seja ele de eleição ou não. 

É comum se ouvir pelas esquinas, bares, restaurantes, alguém conversando sobre política local. Quem permanece, quem vem com força, que tem dinheiro pra gastar na campanha, entre outros questionamentos. O que não é comum, e ver ideias de governo, projetos para o município, parece até que a população não tem definido em mente, o que espera para o futuro da terra em que vivem e seus descendentes irão viver. 

Políticos e líderes comunitários, hora estão ligados ao governo municipal, hora estão contra tudo e contra todos. Passam dias e gestões findam, e sobram acusações e negociações. Mas e os problemas, que todos conhecem, como resolve-los? Se alguém sabe como resolver, não conta pra ninguém, apenas diz que sim, dar pra resolver. Se é verdade que muitos desejam um município melhor, porque não apontar soluções, junto as críticas e acusações, porque não trassar um plano para o futuro do município e seus munícipes.

Bom seria, se antes de votar, as pessoas escolhessem não os candidatos, ou cargos para seus parentes, mais sim, em que município querem morar no futuro, em que área os seus candidatos podem contribuir pra esse município que querem viver.

(Roner Lopes)