INFORMAÇÃO E PUBLICIDADE

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Câmara de Chorozinho aprovou o reajuste de 7,64% para o magistério

-Foto e texto de APEOC Chorozinho-
A Câmara de Vereadores do município de Chorozinho aprovou na manhã de hoje, 27/01/2017, o Projeto de Lei Nº 003/2017, de autoria do prefeito municipal e negociado com o Sindicato APEOC, que trata sobre o reajuste dos professores da rede municipal de ensino. A sessão contou com a presença de vários professores que compareceram em massa para acompanhar a votação.

Com a aprovação da referida lei, houve um aumento linear em toda a carreira dos professores (piso na carreira), que terão suas remunerações acrescidas de 7,64% (reajuste atribuído ao Piso Salarial Nacional do Magistério). Com isso, o professor graduado passará a receber uma remuneração de, no mínimo, R$ 3.276,40 (no mínimo porque esse valor não conta com outros benefícios que o professor poderá receber, como difícil acesso, quinquênios ou as próprias ascensões de nível).
Outro ponto de destaque desta lei é que seus efeitos financeiros são retroativos à 1º de janeiro de 2017, ou seja, os professores já irão receber os salários de janeiro com os valores reajustados pelo índice do piso.

O prof. Alessandro Carvalho, presidente da Comissão Municipal do Sindicato APEOC em Chorozinho e que foi convidado a discursar sobre o projeto, destacou que "desde o ano de 2010 os professores tem seus salários reajustados com o índice do piso salarial do magistério, apagando um triste capítulo do município que chegou a não reajustar o valor dos salários dos professores por oito anos seguidos (2000-2008), antes da formação da Comissão Municipal do Sindicato APEOC".

banner
Anterior
Proxima