INFORMAÇÃO E PUBLICIDADE

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

APEOC E CHOROZINHO TÊM A PRIMEIRA MESA DE NEGOCIAÇÃO DO ANO.

Texto e Foto de APEOC Chorozinho
Como resultado da solicitação do Sindicato APEOC, ocorreu na tarde de ontem, 18/01/17, na Câmara Municipal de Chorozinho, a primeira mesa de negociação entre o executivo municipal e os representantes dos servidores da educação e cultura.
A reunião contou com a presença da Secretária de Educação, Prof. Célia Marinho, do Controlador Geral, Maicon Albano, da procuradora, Dra. Francisca Marinho, dos vereadores Jerry e Betinho, do prefeito, Dr. Junior e do Presidente e vice-presidente do Sindicato APEOC em Chorozinho, professores Alessandro Carvalho e Cleilson Coelho.

CONFIRA O QUE FICOU ENCAMINHADO NA REUNIÃO:

1. FORMAÇÃO DE UMA MESA DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE
Proposta pelo Sindicato APEOC e com o intuito de estabelecer datas periódicas para prefeitura e sindicato estabelecerem negociações das mais diferentes reivindicações da categoria, a proposta foi acatada pela gestão, cabendo agora formalizar datas de reuniões bimestrais.
2. SALÁRIO DE DEZEMBRO DOS SERVIDORES DA CULTURA
O prefeito assumiu a responsabilidade de efetuar o pagamento. Contudo, o mesmo expôs a dificuldade por não ter acesso aos dados de quais servidores foram pagos e quais ainda não receberam seus pagamentos. Ainda segundo o mesmo, a contabilidade da gestão passada deve enviar os dados necessários até o dia 31 deste mês e que, a partir daí, irá dar procedimento ao pagamento. O Sindicato APEOC firmou a posição de não abrir mão dos salários dos referidos servidores.
3. REAJUSTE DO MAGISTÉRIO
Ponto central da pauta dos professores da rede municipal de ensino, o Sindicato APEOC reivindicou reajuste de 7,64% (reajuste do Piso Salarial do Magistério) repercutindo em toda a carreira. Segundo o presidente municipal do Sindicato APEOC “Chorozinho tem um histórico de cumprimento da data base, que é janeiro, e a categoria não abre mão disso”. O prefeito de Chorozinho, Dr. Junior, se comprometeu a mandar o projeto de reajuste para a apreciação (e consequente aprovação) da Câmara Municipal ainda este mês, com data retroativa à primeiro de janeiro.
4. FIM DO ESTÁGIO PROBATÓRIO DOS SERVIDORES DO ÚLTIMO CONCURSO
O Sindicato APEOC cobrou agilidade no processo de análise do estágio probatório e consequente publicação dos atos de estabilidade. A prefeitura se comprometeu a dar agilidade e se pautar na legalidade do processo, mas não divulgou um calendário das atividades, o que ficou para ser divulgado após a formação da comissão analisadora.
Ainda ficou acertado que no meio da próxima semana, sindicato e prefeitura voltarão a sentar para ver o impacto financeiro das ascensões de nível dos professores que findarão seu estágio probatório.
5. CARGA HORÁRIA DOS PROFESSORES
Sindicato reivindicou o real cumprimento da lei que estabelece o total de um terço da carga horária do professor destinada a atividades de planejamento e formação e dois terços com regência em sala de aula. Desta forma, os professores devem ser lotados semanalmente com 27h/a em plena regência em sala de aula e 13h/a de planejamento.
A prof. Célia Marinho, Secretária de Educação, comprometeu-se a fazer um levantamento da lotação dos professores. O assunto voltará a ser debatido antes da Assembleia Geral do Sindicato APEOC, que será no dia 25 de janeiro.

ANÁLISE DA MESA DE NEGOCIAÇÃO E ASSEMBLEIA DA CATEGORIA

Ao fim da reunião, os representantes da categoria avaliaram a mesa de negociação de forma positiva. “Conseguimos encaminhar pontos importantes para a categoria. Agora é cobrar a efetivação dos compromissos firmados e avançarmos nos pontos pendentes”, afirmou Alessandro Carvalho, Presidente da Comissão Municipal do Sindicato APEOC. O vice-presidente da APEOC municipal, Cleilson Coelho, ressaltou que “a reunião teve um caráter técnico, com discussão de números e possíveis soluções em cada ponto da pauta”.
A categoria se reunirá em Assembleia no dia 25 de janeiro, onde se pretende fazer um balanço das negociações e proposições para formulação da pauta de reivindicações da categoria para 2017.
banner
Anterior
Proxima