INFORMAÇÃO E PUBLICIDADE

domingo, 19 de março de 2017

EM PACAJUS/Ex prefeito José Wilson esclarece seu comentário sobre transporte dos universitários

Na noite deste domingo (19), o Ex Prefeito de Pacajus José Wilson Chaves, usou seu perfil no Favcebook para fazer esclarecimentos sobre seu comentário a respeito do transporte universitário no município. O cometário foi feito no ultimo sábado, durante o program O Pulo do Pato, em sus emissora FM 95.1
Veja o que escreveu o ex prefeito:
Tomando conhecimento através das redes sociais o que eu, José Wilson Chaves, no meu programa de rádio aos sábados O Pulo do Gato no qual o tema do meu comentário sobre o que é situação e o que é oposição construtiva e a destrutiva, comentário este sobre a condução de veículos de qualidade para os alunos universitários, tive a dizer que quando é explicitado por algum dos universitários não satisfeito com meu comentário quando ele diz que o dinheiro que esta sendo investido no pagamento dos veículos é como o vento, vai embora, mas ele esqueceu (que não esqueceu), de colocar o início da fala o que eu disse que foi na qualidade de outro prefeito que não tivesse uma boa intenção de manter esses veículos, esses veículos que são pagos com recurso próprio do município e não existe nenhum dinheiro do governo federal para esse fim, e o que mantém essa decisão é uma lei municipal, como digo acima seria colocado uma nova lei para não acontecer isso, porém não é essa a intenção, porque se fosse essa a intenção não tinha acontecido uma licitação para essa condução. Quando eu digo que o dinheiro vai embora com o vento é porque o que é terceirizado e o que é pago com recurso próprio o município não tem o patrimônio por isso que é a palavra o Vento. Tenho a informar que nosso program é gravado e alguém deve ter gravado através das redes sociais. Dentro do tema do meu comentário saber o que é um comportamento de uma situação e de uma oposição construtiva e destrutiva, o tema que eu comentei para quem é oposição destrutiva é o que se vê nas redes sociais, ele não se conforma e inventa o que não é complementado com todas as palavras na íntegra, porque quem é oposição destrutiva não agradecerá nenhum benéfico feito a si, por este fato comenta o que não é verdade.
banner
Anterior
Proxima